Além das benesses de sempre o trabalho voluntário também é uma forma de se fazer contato com temas que dificilmente eu lidaria na minha carreira profissional e, ainda assim, são interessantes e úteis na vida.

No caso, o pessoal do HCB ofereceu um breve curso para os voluntário que foi totalmente pertinente ao nosso trabalho, especialmente ao público com que trabalhamos por lá.  Trabalhando num hospital para crianças com câncer e outras doenças graves cedo ou tarde vamos encarar o assunto. O que explica o título.

A Tanatologia pode ser entendida como o estudo sobre a Morte e o impacto dela no ser humano e na sociedade. Na sociedade brasileira é um assunto um tanto tabu, tem gente que não gosta de tocar no assunto, como se falar em morte a atraísse. Mas durante o curso fomos vendo como esse é um estudo necessário, afinal a morte é a única certeza que temos. Mesmo sem o trabalho no hospital eventualmente somos obrigados e lidar com a morte de alguém que é importante para nós ou mesmo com o nosso próprio fim.

Entendi que a Tanatologia é muito diferente da mera morbidez. No nosso caso não entramos no aspecto forense, o assunto foi observado de um ângulo mais filosófico, de forma a aceitar que o fim da vida é um acontecimento natural, ainda que doloroso, com o qual cedo ou tarde vamos lidar. Outro objetivo também foi nos preparar para lidar com os pacientes e suas famílias quando isso acontecer, tratando do assunto de forma não causar mais dano.

Creio que o assunto deveria ser ensinado nas escolas, dentro de um ensino decente de filosofia de forma permitir que nossos filhos consigam ir além uma crítica do Dalai Lama sobre a forma como vivemos que é, infelizmente, muito pertinente.

“O que mais surpreende é o homem, pois perde a saúde para juntar dinheiro, depois perde o dinheiro para recuperar a saúde. Vive pensando ansiosamente no futuro, de tal forma que acaba por nao viver nem o presente, nem o futuro. Vive como se nunca fosse morrer e morre como se nunca tivesse vivido.”

Enfim, ainda que o assunto seja morte, o estudo da Tanalogia serve para nos fazer refletir, encarar a vida de foma melhor e ajudar os outros a lidar melhor com essa certeza inevitável e dolorida. Confesso que agradeço ao pessoal da Abrace e  do Hospital pela oportunidade.

Anúncios