Saiu o resultado do meu primeiro trabalho por aqui. Tempos atrás em uma aula comentei que esperava que este primeiro provavelmente seria o pior dos meus textos. Primeiro porque nunca escrevi um volume de texto tão denso e tão longo em inglês. Segundo porque é outra cultura eu não tenho idéia clara de qual seria o nível de exigência deles e descobri que essa é uma ansiedade comum entre os outros estudantes estrangeiros, não sabemos exatamente o que é esperado de nós por simples falta de experiência dentro do sistema educacional inglês. E isso sem contar que o mestrado está comprovando que o buraco é bem mais embaixo que na pós-graduação.

Não que isso não seja esperado. Por um lado essa ausência de clareza é reflexo do grau de liberdade que temos aqui dentro. Como disse um dos professores, mesmo eles não tem exata idéia do que vamos conseguir fazer e  há algo de belo justamente nisso. Não estamos mais nos enquadrando num modelo de comportamento esperado para medir a nossa performance mas sim desenvolvendo nossas próprias linhas de trabalho e pesquisa. Nossa própria, e provavelmente ínfima, contribuição ao conhecimento humano.

No frigir dos ovos meu trabalho recebeu um C, o que significa que saiu apenas na média. É óbvio que eu queria um A, mas já estou feliz de ter passado e meu trabalho não demandar correções. Um dos detalhes que gostei é que há um feedback claro e por escrito tanto de pontos fortes como de fraqueza oferecendo informações úteis que já estão interferindo no meu próximo trabalho. Talvez seja um alívio de mendigo ficar feliz com tão pouco, mas estou apenas no início e me sinto melhor tendo um feedback sólido no qual possa me basear.

Anúncios