Após anos e anos de estabilidade vivendo com meus pais minha vida até ficou movimentada.Meus pais basicamente se mudavam uma vez a cada dez anos e na última casa os filhos adultos começaram um a um a tomar seus rumos. Eu admito que fui o último.

Primeiro o apê foi divido com o Ducci. Lugar espaçoso mistura de estilos novos e antigos, diferentes e ainda assim convivendo bem. Cheguei a não viajar em uma de minhas férias para curtir o simples fato de estar lá. Foi um período curto, mas uma experiência que eu precisava ter, valeu tanto pela companhia quanto pela estadia.

Depois a vida de casado vivendo junto com a Iana na kit. Pouco espaço e muito amor. Acordar junto, almoçar separado, filmes e seriados no fim de noite temperados com comida de delivery. Nos premiamos em manter um lugar pequeno, mas confortável, equipado e bem arrumado.

E agora meu revival da vida de estudante, vida atarefada, incerta e muito solitária. Agora vivo num quarto ainda menor com o mínimo de utensílios, roupas e conforto, até o computador diminuiu. Ainda assim estou exatamente onde quero estar. Num período de 4 anos 3 moradias diferentes, olho curioso para o que me espera no futuro.

Só torço para que a tendência de redução de espaço pare por aqui, ou na próxima eu vou ter de dormir de pé ou numa literal caixa de fósforos.

Anúncios