I was studying the context of education and innovation this morning and thought of my last course on Distance Education that I took last year. It is funny because I thought about many texts, essays and articles talking about how the evolution of information and communication technologies shaped the current view of distance education. From a distance education based on printed material or one-way technologies, standardized and mass-production oriented to the current web enhanced learning. This last option is much more flexible, modular, individual-oriented.

However few texts talk about the social demands which shaped these changes in education. Things like reflexivity, our ability to think about us and our actions and concepts. Plus the effect of knowledge about such actions and concepts. The risk society and our anxiety about changes, opportunities and risks. Soros (George Soros, the businessman) commented about how the individualization of high modernity obliges individuals to choose from different lifestyles, subcultures and identities. Biographies are becoming reflexive nowadays. Therefore, the traditional school based on standardized curriculum “mass production of students” become obsolete to face the new demands. People require solutions that are more flexible in content, avaiabilty and assessment, thus individual-oriented solutions. Individualized and reflexive people require a student-centered education more than old teacher or content-based education.

If the technology revolution has offered the tools, our society and modernity have demanded the educational changes.

Como estou sendo obrigado a pensar deveras em inglês segue o meu primeiro post em língua bretã. Mas assim que tiver tempo vou traduzí-lo.

tradução

Eu estava estudando o contexto da educação e da inovação, esta manhã, e lembrei do meu último curso, em Educação a Distância ano passado. É engraçado, porque eu me lembro muito de textos, ensaios e artigos falando sobre como a evolução das tecnologias de informação e comunicação moldaram a visão atual da educação a distância. De um ensino à distância baseado em material impresso ou tecnologias padronizadas e orientada para produçãos em massa para a o ensino via web atual. Esta última opção é muito mais flexível, modular, orientada para o indivíduo.

No entanto poucos textos falam sobre as demandas sociais que formaram estas mudanças na educação. Coisas como reflexividade, nossa habilidade de pensar sobre nós, nossas ações e conceitos e o efeito do conhecimento sobre essas mesmas ações e conceitos. Sobre a sociedade de risco e nossa própria ansiedade sobre essas mudanças, oportunidades e riscos. Soros (George Soros, o empresário), comentou como a individualização da  modernidade nos obriga a escolher entre diferentes estilos de vida, subculturas e identidades, Biografias também estão se tornando reflexivas. Portanto, a escola tradicional, baseada no currículo padronizado de produção em massa  ficou obsoleta para enfrentar as novas demandas. Pessoas requerem soluções mais flexíveis no conteúdo, disponibilidade e avaliação. Enfim, soluções  orientadas para o indivíduo. Pessoas individualizadas e reflexivas exigem um ensino centrado no aluno em vez da opção anterior  de educação baseada centrada no professor ou no conteúdo.

Se a revolução das tecnologias ofereceu as ferramentas, a nossa sociedade e a modernidade exigiram as mudanças educacionais.

Anúncios