Não queria me repetir, mas não dáignorar algo com potencial para se tornar um bom assunto, no caso por três bons motivos.  O primeiro é que o Gapminder é outra boa fonte de vídeos legais, além de ser uma prova de que apesar da idiotice ter invadido a web com peso nos últimos anos ainda existem bons exemplos de resistência (e inteligência).

O segundo foi uma aula indicada pela Sarah, do professor Hans Rosling, na qual ele descontrói certos preconceitos sobre o que entendemos como terceiro mundo, principalmente do ponto de vista demográfico. Usando muito de análise e estatística ele demonstra como o perfil do suposto terceiro mundo é muito mais parecido com o primeiro que se imagina. E como o senso comum pode se basear em informações antigas, no caso as de meados da década de 60.

E por fim, achei muito interessante o uso realmente inteligente de um gráfico como forma de mostrar a evolução de uma tendência ao longo do tempo. O eixo mostra a expectativa de vida, o Y o números de filhos, o tamanho das bolas a população dos países de forma comparativa. Então como mostrar a evolução destas informações com o passar dos anos?  A solução foi o uso de animação. Cada frame se torna um retrato de um ano, entre meados dos anos 60 e 2003, assim é demonstrado de forma clara e inequívoca o desenvolvimento dos países dentro dos parâmetros do gráfico.Achei simplesmente belíssimo do ponto de vista da funcionalidade.

Para quem quiser ver: http://www.gapminder.org/videos/ted-talks/hans-rosling-ted-2006-debunking-myths-about-the-third-world/

Anúncios