De vez em quando se acerta onde não se esperava. No início do ano eu participei de um curso, acho que comunidade de aprendizagem descreveria melhor, sobre Design Instrucional Contextualizado, com a única autora sobre o assunto no Brasil.

Durante a conversa enumerei as diversas arquiteturas de websites e como elas vão se tornando mais complexas e varias à medida que evolui o pensamento não linear que a Filatro achou interessante. Algum tempo depois lendo o Design Instrucional Contextualizado, livro dela mesmo, descubro que ela também já havia feito comparação semelhante, e mais ampla, entre Design Instrucional e Ciência da Informação. Que corrobora minha impressão que a nosso modo de pensar está evoluindo em conjunto com as tecnologias que envolvemos, de certa forma é uma espiral. O que também concorda com a idéia do Mattar que não é há como desvincular educação de tecnologia.

Isso também demonstra que devo ler os livros que compro do início ao fim, se tivesse lido o livro da Filatro todo de início teria comprovado minha impressão muito mais rápido.  :-p

Agora pode soar óbvio mas é interessante ver as próprias linhas de aprendizado se formando.

Anúncios