Essa é uma sugestão da Maria de Jesus.

Português: uma só língua?

“O destino não é só dramaturgo, é também o seu próprio contra-regra (…)”.

Se essa frase de Dom Casmurro (1899), clássica obra de Machado de Assis, fosse escrita depois de começar a vigorar o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, sua ortografia seria considerada incorreta.

A partir de 2009, tudo o que for escrito — inclusive obras literárias, livros didáticos e dicionários — deverá seguir o tratado internacional que busca a unificação da língua portuguesa.

Para a consolidação da mudança só faltava um dos países envolvidos, Portugal, declarar a aprovação do acordo, o que ocorreu em maio de 2008. A reforma ortográfica não é uma novidade. Ele deu seus primeiros passos em 1990 e envolve oito países de língua portuguesa: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

A intenção é que com a mudança das normas passe a existir um dicionário único da língua portuguesa, que facilite a expansão e o fortalecimento do idioma e seu uso em eventos internacionais.

A mudança afetará a escrita de aproximadamente 230 milhões de pessoas que falam o mesmo idioma, só que, atualmente, com mais de uma ortografia oficial. A estimativa é que 1,6% do vocabulário de Portugal e 0,5% do brasileiro sofram alterações. No Brasil, o Ministério da Educação acredita que levará cerca de um ano para adaptar os livros didáticos às mudanças da grafia.

Saiba quais são as principais mudanças propostas pelo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa:

  • Acréscimo das letras K, Y e W no alfabeto;
  • Simplificação das regras do hífen (exemplos: contra-regra será contrarregra, pára-quedas será paraquedas, microondas será micro-ondas);
  • Eliminação de alguns acentos (exemplos: lêem será leem, vôo será voo, européia será europeia
  • Aceitação de dupla grafia em algumas palavras (exemplos: aspecto/aspeto, direção/direcção, fato/facto).

Na Alemanha…

Houve uma iniciativa semelhante na padronização da escrita do alemão. Em 1998 foi adotada uma reforma ortográfica que deveria ser assumida até julho de 2005, mas que, devido à oposição, só irá adquirir vigência definitiva em agosto de 2007.

Para entender melhor sobre a reforma ortográfica, acesse: http://www.necco.ca/faq_acordo_ortografico.htm

Anúncios