Creio que uma das características que parece ser inegável a um bom profissional de EaD é que ele, no mínimo, precisa gostar de web. O efeito que observei consequente a esta característica é uma interessante profusão de blogs de profissionais de EAD. De tempos em tempos vou colocar links novos, que vão para as sessões ao lado, e comentar um pouco sobre eles.

Bem o “link do dia” é o RapidLearning do Tom Kulmann. Descobri ele através de um interessante post sobre criação de personagens usando cliparts e imagens vetoriais. Teoricamente como designer talvez eu devesse me horrorizar com a perspectiva de pessoas aprendendo a fazer personagens por si mesmo, de produzir cliparts franksteins ou mesmo pelo incentivo ao uso de cliparts.

Mas como sou contra a conteção de conhecimentos, acho que um curso decente sobre construção de personagens tem como mérito permitir a produção de trabalhos melhores pelos leigos, o que é bom para elevar o nível do mercado em si. E em última instância é bom para a minha profissão de designer, assim como para meu colegas que trabalham produzindo material didático, sejam estas boas almas designers com diploma ou não.

Portanto é um dos pontos que me deixou curioso e favorável a proposta do Rapid E-Learning. Até porque se for pensar sob o prisma do design instrucional, ou mesmo do design em si, um curso em suas estratégias e modalidades será bom na medida em que atender às necessidades de aprendizado propostas. Ou melhor, questões como “o que é melhor, EAD ou presencial?” será respondidas sempre com o bom e velho “depende da situação”. O que significa que uma proposta como o Rapid E-Learning é válida, de acordo com seu contexto de aplicação. E isso vale para modalidades, ferramentas, técnicas, conteúdos etc.

Por essa e outras o “prêmio” meu link do dia vai para http://www.articulate.com/rapid-elearning/ tanto pela proposta quanto pelas ótimas dicas sobre como tornar o trabalho mais eficiente. Aquela parte operacional que o meu lado designer gráfico adora.

Anúncios